Logo PCR

Avenida Mário Melo recebe refúgios para pedestres neste sábado (14)

13.12.19 - 15H45
Projeto de redesenho urbano do Recife, que prioriza a mobilidade dos pedestres, chega à Avenida Mário Melo. Ao todo, mais de 2.265m² que eram destinados aos veículos, hoje são destinados às pessoas
 

Reafirmando o compromisso da gestão municipal em priorizar a segurança e mobilidade de pedestres, a Prefeitura do Recife, por meio da Secretaria de Mobilidade e Controle Urbano (Semoc) e da Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano (CTTU), entregará, neste sábado (14), uma nova área de redesenho urbano em Santo Amaro.  O projeto complementa as ações realizadas pela CTTU em vários pontos da cidade, com a aplicação do urbanismo tático, prática que promove mais segurança viária daqueles que mais utilizam as vias: os pedestres. A intervenção será na Avenida Mário Melo, onde existe um grande fluxo de pessoas.

Ao todo, serão mais de 105 m² de áreas seguras para os pedestres na Avenida Mário Melo em Santo Amaro, na altura dos cruzamentos com a Rua Treze de Maio, Rua da Fundição e Rua da Aurora. A nova sinalização consiste em pinturas destacadas no chão e balizadores que delimitam o espaço dos pedestres, dando mais tranquilidade e segurança viária aos usuários na via. Com o novo redesenho urbano, o Recife chegará a mais de 2.265 m² de áreas destinadas aos pedestres fazendo uso de urbanismo tático. Antes, esses espaços eram utilizados pelos veículos, mas, para garantir a democratização do espaço público, estão passando a ser utilizados para a segurança viária dos pedestres.

A presidente da CTTU, Taciana Ferreira, chama atenção para a necessidade de uma releitura da cidade com foco nos pedestres. “O projeto de redesenho urbano da cidade é bastante eficaz. Transforma as vias em espaços mais democráticos, favorecendo, principalmente, quem circula a pé. O novo desenho urbano convida os condutores a repensarem no respeito ao pedestre e suas condutas no trânsito”, afirma.

PEDESTRES – A CTTU tem desenvolvido diversas ações focadas no protagonismo da mobilidade dos pedestres. Somando diversas áreas da cidade, como Largo da Paz, Santo Amaro e Ilha do Leite, já foram entregues mais de 60 refúgios para pedestres, que utilizam a técnica de urbanismo tático para acalmar o trânsito na localidade. Neste ano, o órgão também entregou a Zona 30 da Ilha do Leite, com 1.090 m² e um redesenho urbano focado na mobilidade do pedestre. Essas ações dão mais espaço da calha viária às pessoas que andam a pé e, por isso, facilitam a mobilidade das pessoas com deficiência. Além disso, em novembro, foi entregue uma nova travessia com passarela e semáforos na Avenida Governador Agamenon Magalhães, que diminuiu em 250 metros o caminho dos pedestres na via.

Categoria de Artigo